top of page

Segunda vez no Pantanal. Voltei!

O Pantanal é realmente incrível. Aqui eu costumo dizer que: se a máquina fotográfica cair no chão e disparar, vai sair um bicho na foto. E se o fotógrafo for sortudo, a foto sai em foco. É uma variedade e uma quantidade de bichos que fazem os olhos de qualquer um se arregalarem. Desde mamíferos, passando por répteis e as aves. Um mundo colorido, cheio de água, cheio de verde. Um emaranhado de Cerrado, Pântano e Floresta Atlântica, um bioma se unindo no outro, por isso a importância e riqueza deste lugar. Temos praticamente todos os Biomas brasileiro num só lugar. É realmente impressionante a quantidade de vida que tem aqui. Mesmo estando na parte do Cerrado, também conhecido como Savana Brasileira, onde tudo parece seco, se prestarmos atenção, descobriremos um mundo repleto de ação e vida. Ano passado eu conheci o chamado Pantanal Norte, que compreende a área no Estado do Mato Grosso; Barão de Melgaço, Poconé e Trans Pantaneira. Desta vez estou no Pantanal sul, no Estado do Mato Grosso do Sul; Aquidauana, Bonito, Miranda e Corumbá. Essas duas áreas são equidistante uns 200 km, mas que pertencem ao mesmo Bioma. Não há como dizer se uma é mais bonita e rica que a outra... Digo que são complementares. É uma região só, mas diferentes entre si.... Pantanal será um destino anual para mim.... Não consigo viver mais sem ele.


76 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page